Arlete Soares e Washington da Selva no Palacete das Artes

Programação do 8ª edição Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger.

Funceb promoverá um encontro com a fotógrafa Arlete Soares, e a oficina “Manejando Imagens” será ministrada pelo artista Washington da Selva, como parte da programação do 8ª edição Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger.

Artistas visuais e fotógrafos renomados discutem o contexto atual e os rumos da fotografia durante a exposição coletiva do Prêmio Pierre Verger, no Palacete das Artes. A última convidada do Encontro é Arlete Soares, fotógrafa que integra a exposição “Homenagem ao Percurso”, que conta o percurso de Pierre Verger na Bahia a partir das fotografias de Arlete Soares e do acervo religioso do etnólogo francês, que atualmente pertence à Pai Balbino.

Arlete Soares contará um pouco da sua trajetória na fotografia, e abrirá o espaço para responder perguntas do público. Baiana de Valença, Arlete mudou-se para Salvador ainda criança e formou-se em pedagogia. Foi secretária geral do Teatro Castro Alves e assumiu sua direção por algum tempo. Deixou o Brasil durante o regime militar e foi estudar psicologia em Paris, onde começou a fotografar em 1969, em meio à contracultura, a convite de seu amigo Sebastião Salgado.

Oficina

“Manejando Imagens: oficina de re-produção de narrativas históricas e familiares”, será uma oficina, ministrada Washington da Selva, que é natural do Carmo do Paraíba (MG). Artista premiado nesta edição do Prêmio Pierre Verger, na categoria Questões Históricas, na qual experimenta a construção de uma poética autoetnográfica e autobiogeográfica, onde utiliza de narrativas de experiências pessoais e de familiares no trabalho na zona rural do Cerrado de Minas Gerais.

Na oficina o artista aplicará o conceito de “manejo”, muito utilizado na agricultura, a fim de manusear, reproduzir e mudar a localização de imagens que compõem as narrativas familiares anteriores ao nosso nascimento. “Assim, recorreremos a acervos nacionais de arquivos de fotografia, lugares que, para grupos historicamente excluídos, são importantes para acessar a memória coletiva”, explica Washington. Na atividade serão discutidas histórias que compõem narrativas familiares desde antes do nascimento, participantes irão conhecer e aprender a buscar imagens relevantes às narrativas de suas vidas em arquivos digitais de fotografia, fazer um estudo de iconografia sobre os elementos presentes nas imagens encontradas, e editar as imagens impressas utilizando diferentes recursos e procedimentos que sejam coerentes a cada participante.

A oficina será gratuita, para pessoas a partir de 15 anos de idade, e limitada às 20 primeiras inscrições, ou mediante seleção realizada pelo artista. Para participar a pessoa interessada deverá levar um celular com navegador e câmera, e haverá emissão de certificado no final.

Exposição

A exposição coletiva dos ensaios premiados da oitava edição do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger e a exposição Homenagem ao Percurso seguem abertas no Palacete de Artes, em Salvador, de terça-feira a domingo, das 13h às 17h, com entrada gratuita e mediante comprovação.

SERVIÇO

Encontro com a fotógrafa Arlete Soares

+ Quando: 19 de fevereiro (sábado), às 15h

Manejando Imagens: oficina de re-produção de narrativas históricas e familiares com Washington da Selva (20 vagas)

+ Quando: 20 de fevereiro (domingo), das 14h às 18h

+ Inscrição: através de formulário

+ Onde: Palacete das Artes, Graça (Salvador)

+ Entrada: gratuita, mediante comprovação vacinal

+ Info: http://www.fundacaocultural.ba.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.